Auto-Exclusão: Como Funciona?

Para a maior parte dos apostadores, o jogo é apenas uma forma de diversão. No entanto, para outros, este pode tornar-se num vício incontrolável.

Desta forma, os Governos dos vários países levam a cabo programas de auto-exclusão, que proíbem os jogadores de realizarem qualquer tipo de aposta, seja num casino físico ou num casinos online.

De realçar que o vício do jogo é um problema sério. Por isso mesmo, se sentir que a sua vontade de apostar está a tornar-se ingovernável, então talvez este programa de auto-exclusão seja para si. Admitir o seu problema não é dar parte fraca. Muito pelo contrário, visto que demonstra coragem e vontade de resolver esse problema criado. Mais à frente, neste artigo, explicaremos como integrar este programa.

Se, por outro lado, está preocupado com algum familiar ou amigo, saiba que terá que ser o próprio a submeter-se à auto-exclusão. Mas pode, ainda assim, tentar ajudar a pessoa psicologicamente e fazê-la entender a gravidade do problema.

Conteúdo da página

O que é o programa de Auto-Exclusão?

O que é o programa de Auto-Exclusão?O programa de Auto-Exclusão e Proibição, gerido em Portugal pelo Serviço de Inspeção e Regulação de Jogos, promove a proteção do jogador e uma política de jogo responsável.

Tal como o nome indica, o programa não se trata de nenhuma proibição ou banimento imposto por terceiros. Pelo contrário, este parte da vontade da própria pessoa em se excluir. Assim, a participação no programa pressupõe que o apostador em questão assume ter um problema e que, de facto, deseja ingressar numa auto-exclusão num casino ou casa de apostas.

Ao aceitar os termos do programa, o indivíduo fica excluído dos casinos do país. Pode até, em alguns casos, ser multado se infringir o contrato. Dependendo da legislação de cada território, as regras podem abranger não só os casinos físicos mas também os casinos online.

Como perceber que preciso de me auto-excluir?

A auto-exclusão é adequada para todos os indivíduos que sintam que estão a formar alguma problemática na sua relação com as apostas ou jogo.

Por exemplo, está a ler este artigo porque sente impulsos incontroláveis em relação a casinos? Ora, saiba que reconhecer o seu problema e informa-se é o primeiro passo para uma vida melhor e mais equilibrada.

Todas as pessoas que enfrentam um problema derivado do jogo, independentemente do problema que seja, podem e devem pertencer ao programa de Auto-exclusão. Deixar o vício do jogo só depende de si.

Como posso inscrever-me no programa?

A forma de inscrição, tal como já referimos, é diferente de país para país. Ainda assim, o processo é normalmente muito simples.

Em Portugal, aceda ao site do SRIJ e verifique os dois campos disponíveis. O primeiro diz respeito às apostas em casinos físicos. Enquanto que o segundo se refere às apostas online. Como é natural, poderá solicitar a auto-exclusão para qualquer dos meios no qual se pretende auto-excluir.

Para solicitar a proibição nos casinos físicos, faça download do requerimento disponível e envie o mesmo, devidamente preenchido, para o e-mail indicado.

Se, por outro lado, deseja se auto-excluir de apostas em casinos online, então o processo é mais simples. Basta preencher o formulário indicado com todos os dados exigidos, dentro da plataforma do SRIJ.

Posso inscrever outra pessoa?

A participação na auto-exclusão deve ser completamente voluntária por parte dos apostadores. Desta forma, apenas a própria pessoa se pode inscrever.

Além disso, os participantes deverão ter consciência do seu problema antes de se juntarem ao programa. A integração no mesmo não fará sentido,, caso a pessoa em causa seja inscrita de forma forçada.

Neste sentido, temos mais um motivo para que a adesão seja feita de maneira totalmente autónoma.

Quanto tempo dura a proibição?

O período de duração da auto-exclusão é definido pelo requerente da mesma. Poderá selecionar uma proibição de entre 1 e 5 anos.

Após o término do período, a auto-exclusão poderá, ou não, ser renovada.

Como funciona, na prática?

Caso tenha pedido a exclusão para os casinos físicos, estará proibido de entrar nesses edifícios. Isto serve para garantir que não efetua nenhuma aposta ou comece a jogar.

Por outro lado, se o seu programa estiver direcionado para os casinos online, então será incapaz de entrar na sua conta ou de criar uma nova, em qualquer casino online legal em Portugal.

Como já referimos previamente neste artigo, caso quebre estas regras poderá incorrer em coimas muito avultadas.

Quão eficaz é a auto-exclusão?

Como é natural, o programa será tão eficaz quanto a vontade da pessoa de superar o seu vício. Normalmente as proibições podem ser facilmente retiradas, através de uma simples requisição. Por este motivo, os apostadores podem ter várias recaídas.

Ao mesmo tempo, a proibição apenas é válida para casinos legais e registados, ou seja, nada garante que a pessoa não continue a apostar de forma ilegal em outras operadoras.

Assim, é muito importante que haja um acompanhamento da saúde mental da pessoa, de forma a garantir que a mesma consegue, de uma vez por todas, superar esta sua dificuldade.

Onde encontrar apoio psicológico?

A dificuldade em controlar o impulso de apostar está, normalmente, associada a um problema do foro psicológico.

Por conseguinte, o apostador deve ser apoiado em todos os momentos, para que compreenda e possa contornar o seu problema.

Em Portugal, o Instituto de Apoio ao Jogador desenvolve um excelente trabalho de apoio aos apostadores/ jogadores. Destacamos as consultas especializadas e a linha de apoio. Para além disso, o Instituto promove palestras, estudos e artigos sobre esta problemática.

Contudo, realçamos mais uma vez que o problema só pode ser tratado caso a pessoa tenha vontade de mudar e de acabar, de uma vez por todas, com o seu vício do jogo.

Conclusão

O vício das apostas deverá ser encarada como uma dependência equivalente ao tabaco, o álcool, ou qualquer outra. Porém, este problema é percecionado muitas vezes como mais ligeiro ou até mesmo inofensivo.

No entanto, é importante que a população em geral entenda o que se passa com os jogadores em dificuldades e saiba como ajudá-los em caso de necessidade.

Assim, o programa de Auto-exclusão é uma excelente forma de tentar proporcionar aos apostadores um fio condutor, iniciando as suas caminhadas contra os seus problemas.

Caso se encontre nesta posição, não tenha vergonha e faça parte do programa. Se conhece alguém com este problema, faça-o conhecer esta hipótese de melhorar a sua vida.

Boas apostas! Mas claro, sempre de forma segura e responsável!

Artigos relacionados